Utilizamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso site. Ao continuar navegando você concorda com a nossa política de privacidade.
ACEITAR E FECHAR
 

Deixa a mãe descansar

Recentemente o Papa Francisco partilhou algumas reflexões sobre um presépio diferente que lhe foi apresentado, no qual Nossa Senhora se encontra dormindo, enquanto São José cuida do Menino. Saiba mais!

Igreja

01.07.2021 - 08:20:16 | 4 minutos de leitura

 Deixa a mãe descansar

Recentemente o Papa Francisco partilhou algumas reflexões sobre um presépio diferente que lhe foi apresentado, no qual Nossa Senhora se encontra dormindo, enquanto São José cuida do Menino. A representação da imagem serve para ilustrar a onda de mudança que quebra a antiga concepção dos papéis, em que a mulher é a única responsável por cuidar dos filhos.

"O presépio é atual, é a realidade de cada família. Ontem, deram-me uma imagem de um presépio especial chamado 'Deixemos a mãe descansar'. Era Maria a descansar e José com o bebê, a adormecê-lo. Quantos de vocês se revezam à noite - entre marido e mulher - enquanto o menino ou a menina chora, chora, chora? Deixar a mãe descansar é a ternura de uma família, de um casamento", disse o Papa.

Pensando nisso, preparamos um conteúdo mostrando a você a importância da colaboração mútua no casal dentro do matrimônio, tendo como base o presépio que encantou o Papa: “Deixa a Mãe descansar", confira dicas de organização da vida em família.

São José: exemplo de Esposo

José foi um homem escolhido por Deus para ser esposo da Virgem Maria e pai adotivo do Menino Jesus, modelo para todos os homens e para os casamentos também. Juntamente com Maria, viveu um amor puro, casto e de companheirismo. Sua profunda entrega de amor a Maria, refletiu em seu amor a Jesus. Nosso Senhor Jesus foi criado e formado em um lar de solicitude e observância das leis de Deus.

São José, nos ensina que ser família vai além do prazer, é preciso que o alicerce seja o amor, puro e verdadeiro, para que todos possam crescer em sabedoria e graça. Também nos ensina que ser família é companheirismo, estar presente e se fazer presente.

Que, a exemplo de São José, que cuida do menino enquanto Maria descansa, os maridos estejam disponíveis para assumir juntamente com suas esposas os cuidados da casa, sem negar o dom que lhe é próprio.

Casamento


O casamento para Deus é algo muito precioso, é por meio do amor entre e o homem e a mulher que surge a família, a geração nova.

Não apenas para Deus, mas para a Igreja, para cada um de nós, o casamento tem grande valia e importância. O Catecismo da Igreja Católica diz o seguinte: "a íntima comunhão de vida e de amor conjugal, estabelecida pelo Criador e estruturada com leis próprias, é constituída pelo pacto conjugal [...] Deus mesmo é o autor do matrimônio" (CIC 1603).
 
Cuidado com os filhos 


Quando o casal tem um ou mais filhos,  ambos os parceiros são responsáveis pela educação e apoio das crianças, por isso, as decisões devem ser tomadas em conjunto e cada parceiro decide, mediante a sua disponibilidade, qual tarefa deve assumir.
 
Um ponto-chave para a vida conjugal é a compreensão e o respeito. Um casal que vive com base em críticas e ataques mútuos não vai longe. Uma relação não resiste à falta de respeito, por isso cada um tem de ter em conta que, tudo tem de ser falado e dividido e que não cabe a um dos parceiros a superioridade ao ponto de criticar o outro.

Cuidado financeiro 

O mesmo se passa com o dinheiro. É fundamental que o casal decida como é que se vai organizar com os rendimentos que tem mensalmente e que saiba muito bem quem paga o quê. 

Quando apenas um dos cônjuges trabalha, já se sabe que terá de ser esse a suportar as despesas, mas quando ambos trabalham, deve haver transparência na organização financeira, pois o ideal cristão é que as despesas sejam vistas como algo do casal e não como algo individual.

Rezar juntos


Reservem algum período do dia ou da semana para realizar o exercício de rezar um pelo outro. Façam isso com muita dedicação e amor pelo outro, rezem com os corações unidos e entregues a Deus.Reze pelas necessidades de seu esposo ou esposa, por aquilo que está em seu coração, que você conhece que o outro necessita. 

Em algum momento, parem, e diante da sua oração, olhem um dos olhos do outro, e peçam perdão um para o outro. Sejam sinceros de coração, falem aquilo que precisa ser dito e estejam abertos para perdoar aquilo que outro possa ter feito que gerou mágoa ou decepção.
Rezar é amar e amar é perdoar, pois nossa humanidade é falha. Necessitamos estar atentos para nossas falhas para com os outros, pois precisamos nos permitir abrir o coração e pedir perdão, assim como para perdoar.

E aí, gostou do conteúdo que preparamos especialmente para você? Leia também:

5 orações para proteger e abençoar a sua família

Como a vida de oração de um casal pode evitar o divorcio

Mais em Igreja
 
 

Campanha PELA VIDA
Rua Traipu, 273 - Perdizes
São Paulo/SP - CEP: 01235-000

(11) 4200-8080

Copyright © Juntos Pela Vida - REDEVIDA / INBRAC. Todos os direitos reservados.
Cadastrando-se nos formulários você aceita os termos de uso e política de privacidade.

 

(11) 97061-0457

(11) 4200-8080